Venha fazer a diferença no futuro de Porangatu.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Estamos agora também no Facebook...

            Para que vocês possam interagir e participar ativamente , a  F.C. Renova Porangatu agora está também no Facebook, sendo mais uma ferramenta de mídia para  contato com o cidadão porangatuense, na busca  da  apresentação e legitimação deste movimento que necessita e busca a participação popular. Acesse e participe.





O momento de se discutir é agora, o lugar é esse e a pessoa é VOCÊ.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Agora temos uma logomarca


Esta será a logomarca da F.C. RENOVA PORANGATU, que será reproduzida e certamente invadirá toda a cidade.Em breve traremos mais notícias de como será a distribuição, estamos nos preparando para ser impactante. Divulgue e participe.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Só de sacanagem ...

      A ideia deste blog foi criar uma ferramenta de divulgação para aglutinarmos  formadores de opinião, pessoas interessadas em  formatar  propostas, projetos; um grupo que decida  sair da rotina de suas vidas para debater, sugerir ou apenas se indignar com a situação que vivemos hoje em nossa cidade.
      Não adianta nos revoltarmos sobre que vemos na T.V., discutirmos sobre o  noticiário do jornal, se aqui onde vivemos, não nos interessamos nem queremos saber do que se passa. Já é sem tempo planejarmos o que queremos para o nosso futuro , ou ficaremos eternamente a mercê da vontade de autoridades, governantes e políticos que só buscam criar lideranças aqui para cuidarem de seu curral eleitoral, e firmarem acordos que não passam  nem perto do desejo e da necessidade de nossa população.
      O momento é esse, agora e' hora de se organizar , de fazer valer a voz de cada cidadão, porque depois de tudo decidido, reclamar pra quem? 
      Decida-se agora , então ... pense nisto.

Envelheço

Envelheço quando me fecho para as novas idéias e me torno radical...

Envelheço quando o novo me assusta e minha mente insiste no comodismo...

Envelheço quando meu pensamento abandona a casa e retorna sem nada...

Envelheço quando me torno impaciente, intransigente e não consigo dialogar...

Envelheço quando penso muito em mim mesmo e me esqueço dos outros...

Envelheço quando penso em ousar mas temo o preço da ousadia...

Envelheço quando permito que o cansaço e o desalento tomem conta da minha alma...

Envelheço quando tenho chance de amar mas vence o medo de arriscar...

Envelheço quando paro de lutar...





E pra terminar , um pequeno poema Elisa Lucinda na voz de Ana Carolina.



video

Meu coração está aos pulos!
Quantas vezes minha esperança será posta à prova?
Por quantas provas terá ela que passar?
Tudo isso que está aí no ar: malas, cuecas que voam entupidas de dinheiro, do meu dinheiro, do nosso dinheiro que reservamos duramente pra educar os meninos mais pobres que nós, pra cuidar gratuitamente da saúde deles e dos seus pais.
Esse dinheiro viaja na bagagem da impunidade e eu não posso mais.
Quantas vezes, meu amigo, meu rapaz, minha confiança vai ser posta à prova?
Quantas vezes minha esperança vai esperar no cais?
É certo que tempos difíceis existem pra aperfeiçoar o aprendiz, mas não é certo que a mentira dos maus brasileiros venha quebrar no nosso nariz.
Meu coração tá no escuro.
A luz é simples, regada ao conselho simples de meu pai, minha mãe, minha avó e os justos que os precederam:
" - Não roubarás!"
" - Devolva o lápis do coleguinha!"
" - Esse apontador não é seu, minha filha!"
Ao invés disso, tanta coisa nojenta e torpe tenho tido que escutar. Até habeas-corpus preventivo, coisa da qual nunca tinha visto falar, e sobre o qual minha pobre lógica ainda insiste: esse é o tipo de benefício que só ao culpado interessará.
Pois bem, se mexeram comigo, com a velha e fiel fé do meu povo sofrido, então agora eu vou sacanear: mais honesta ainda eu vou ficar. Só de sacanagem!
Dirão:
" - Deixa de ser boba, desde Cabral que aqui todo o mundo rouba."
E eu vou dizer:
"- Não importa! Será esse o meu carnaval. Vou confiar mais e outra vez. Eu, meu irmão, meu filho e meus amigos. Vamos pagar limpo a quem a gente deve e receber limpo do nosso freguês. Com o tempo a gente consegue ser livre, ético e o escambau."
Dirão:
" - É inútil, todo o mundo aqui é corrupto, desde o primeiro homem que veio de Portugal".
E eu direi:
" - Não admito! Minha esperança é imortal!"
E eu repito, ouviram?
IMORTAL!!!
Sei que não dá pra mudar o começo, mas, se a gente quiser, vai dar pra mudar o final.

Elisa Lucinda

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Pré-candidato do PSD encontra-se com liderança regional.





     O presidente Municipal do PSD de Porangatu-GO  vereador Odair Amorim, e o Presidente do PR de Porangatu Marcelinho  Silva, estiveram na cidade de Alto Horizonte-GO  com lideranças do PSD municipal em reunião com o presidente do diretório regional do PSD  Dep. Federal Wilmar Rocha , onde foram tratados de assuntos referente a posição do PSD nas eleições municipais de 2012.
     Em conversa reservada com o vereador Odair Amorim , o sr. Wilmar Rocha falou da importância do partido ter uma candidatura encabeçando a chapa majoritária em Porangatu . Na oportunidade disse que qualquer que seja  a posição dos diretórios municipais não haverá interferência por parte do diretório regional do PSD  ou de quem  quer que seja . Frisou ainda que, o PSD é um partido que já nasceu grande e que não sofrera interferência de forças externas. Assim sendo o vereador Odair Amorim segue participando desta Frente Cidadã, sendo um dos pré-candidatos pelo PSD.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Pré-candidato do PSB de Porangatu, se apresenta...





        "Política é sim lugar para pessoas sérias, honestas e competentes." 
  


            O empresário Julio Tófolo fala sobre sua trajetória de vida e 
           a disposição de participar do processo político de Porangatu-GO




Frente Cidadã –   Sr. Julio Tófolo, como um pré-candidato desta Frente Cidadã RENOVA PORANGATU, poderia nos contar um pouco de sua história, de como veio morar em Porangatu?

 Julio Tófolo -     Perfeitamente. Eu  nasci em São Paulo, capital, em 16 de setembro de 1952. Sou filho de feirantes, sim como aqueles que vocês conhecem aqui em Porangatu. Estudei sempre em escolas públicas, inclusive a faculdade de Administração de Empresas em que me formei em 1978. Trabalho desde criança com comércio, trabalhando como feirante até os 19 anos e depois prestando o serviço militar por  03 anos. Em 1974, me afastei da Aeronáutica, indo trabalhar como vendedor de livros por 05 anos, sendo  04 deles como gerente de vendas. Depois já  em 1979  fui admitido pela General  Motors do Brasil como gerente de vendas, época em que foi criada a  divisão de consórcios, que pra mim foi uma benção, pois sempre fui pobre e quase não soube que fazer com o dinheiro do meu primeiro salário. Fui admitido para trabalhar na cidade do Rio de Janeiro e após 05 meses, transferido para Recife- PE,  trabalhando até 1981, e depois por mais um ano em Salvador-BA. Em 1982 fui convidado para trabalhar na área de vendas de veículos, sendo transferido para Fortaleza-CE. Nesse período conheci  os Estados Unidos e Europa através de bônus por merecimento. Minha área de trabalho na GM correspondia a quase 57%  do território brasileiro, viajava quase que 30 dias por mês, mas em 1988 resolvi parar com tudo para me casar com a dentista  Maria Neves de Oliveira Tófolo (Dra. Nevinha) que muitos conheceram aqui em Porangatu. Assim sendo, desliguei-me da GM  e fui morar em Santarém-PA, contratado como administrador de uma  concessionária Chevrolet e foi nesta cidade que nasceram meus dois filhos; o Victor  que tem 23 anos, formado em Administração de Empresas pela FGV, trabalhando atualmente num banco de investimento em São Paulo  e Letícia Mariah com 20 anos, cursando Administração de Empresa no INSPER na cidade de São Paulo.
Em 1992 já morando  em  Belém-PA, conheci o Sr. Ozéas, que veio a se tornar meu  sócio na Médio Norte Veículos em outubro de 1993, quando fechamos negócio com o Dinoamérico, e dai em diante minha vida se arraigou nesta maravilhosa cidade de Porangatu.



Frente Cidadã –   Bem, diante deste breve histórico, já sabemos um pouco de sua trajetória no mundo dos negócios e de como foi sua vinda para Porangatu. E por aqui, o que você pode nos contar?

Julio Tófolo-  Então, pelo lado pessoal fiquei viúvo na cidade de Porangatu-GO em 1997, e dai em diante a luta foi grande, passei por muitas dificuldades, ou melhor, passei por vários aprendizados e me considero uma pessoa feliz. No que diz respeito ao lado social e solidário comecei um trabalho na  Casa da Sopa lá no setor Grupiara  com meu amigo e mestre Frei  Juvenal, que me ensinou o verdadeiro sentido da vida. Em seguida comprei um laticínio, no Setor Galiléia, onde hoje funciona o Centro de  Formação  Maria Neves Tófolo que, em parceria com a PM de Porangatu, promove  o PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil). Participei de vários conselhos inclusive o que criou o Conselho Tutelar  da cidade.
 Em janeiro de 2003, junto com Tânia da UNIFÉ e outros funcionários da Médio Norte iniciamos a UNIFÉ, instalada hoje na rua do Espírito Santo no Jardim Brasília, que começou com um pequeno grupo de oração e hoje estende seu trabalho atendendo as pessoas tanto no lado espiritual com reuniões todas as segundas-feiras as 19;30 e também no lado social com; dezenas de hortas comunitárias espalhadas pelo município , uma casa de farinha para ajudar pequenos produtores rurais , auxilio a menores e adolescentes em aulas de informática, dança, fotografia, qualificando e inserindo-os no mercado de trabalho. A UNIFÉ comemorou seu 9º aniversário neste ultimo dia 09 de janeiro.



Frente Cidadã  –  Ao  olhar pra trás, você se dá por satisfeito?

Julio Tófolo -  Como eu disse me considero muito feliz, mas para completar de vez essa felicidade encontrei dentro da UNIFÉ, (é claro que depois de muita reza), uma esplendorosa mulher para ficar ao meu lado para o resto de minha vida, a Dra. Wanessa de Moura Paranhos, advogada é uma mulher abençoada por Deus.
 Assim sendo, como para os que me conhecem, eu sempre relutei em disputar algum cargo eletivo, uma por nunca ter tido pretensão e outra por não dispor de tempo suficiente para me dedicar plenamente ao cargo de prefeito. Mas o tempo foi passando e eu me desvencilhei de muitos compromissos que tinha e hoje me sinto bem à vontade para dizer: tenho tempo, disposição e desejo de ser um desses   políticos sérios, em que  a população tenha orgulho de dizer que, a nossa cidade é administrada por uma pessoa séria, honesta e competente.Política é sim lugar para pessoas sérias, honestas e competentes. Coloquei meu nome a disposição do partido  PSB-40,  o  partido da ficha limpa, para ser pré-candidato a  prefeito de Porangatu, cargo esse que dá poder, mas também pode transformar homens despreparados em ratos, que saem destruindo e corroendo o patrimônio publico de nossa cidade. Não tenho a menor vaidade em assumir um cargo de prefeito, mas tenho a ambição de mostrar para o nosso povo de Porangatu que se pode ser político e ser honesto como em qualquer outra profissão. Obrigado.